Tempo
|
A+ / A-

Boletim DGS

Mais 20.212 casos de Covid-19 em dia de descida no R mas subida nos internamentos

10 jan, 2022 - 14:53 • Marta Grosso , Joana Gonçalves

Nas últimas 24 horas, há a registar 20 mortos e 14.501 pessoas recuperadas da doença provocada pelo novo coronavírus.

A+ / A-

Veja também:


Portugal regista, nesta segunda-feira, mais 20.212 casos de Covid-19 e 20 óbitos de pessoas com a doença causada pelo SARS-Cov-2. Nas últimas 24 horas, ainda a registar um aumento no número de internados: mais 139, 11 dos quais nos cuidados intensivos (UCI).

Nesta altura, Portugal conta com 1.588 pessoas internadas com o novo coronavírus, dos quais 161 em UCI. Desde 1 de fevereiro de 2021 que não tínhamos um aumento de hospitalizações tão notório, mas com marcadas diferenças face à situação atual: naquele dia de fevereiro do ano passado o aumento foi de 175 internamentos, mas havia um total de 6.869 pessoas com hospitalizadas Covid-19.

De referir ainda que, nesse mesmo dia de 2021, foram registados 5.805 novos casos e 275 mortes associadas ao novo coronavírus.


Segundo o boletim epidemiológico de hoje da Direção-Geral da Saúde, nota ainda para uma descida no R (para 1,24), mas uma grande subida na incidência da doença, que passou para 3.204,4.

A faixa etária 40-49 é a que mais infeções regista nesta segunda-feira, representando 19% do total das últimas 24 horas.

De registar também uma morte no grupo etário entre os 50 e os 59, mais sete nos 70-79 e 12 óbitos na faixa dos +80 anos.


Quanto às regiões mais afetadas, Lisboa e Vale do Tejo continua a aparecer em primeiro lugar, hoje com 8.349 novos casos e 10 mortes. Segue-se o Norte, com 7.744 novas infeções e uma morte, e o Centro: 1.614 casos e cinco mortes.

Ao contrário do que é habitual, a região da Madeira surge logo a seguir, com 1.185 infetados desde domingo e uma morte. O Algarve conta mais 652 casos e um óbito, o Alentejo mais 452 e duas mortes e os Açores mais 216 casos sem qualquer morte associada à Covid-19.

Nas últimas 24 horas, destaque ainda para o número de pessoas dadas como recuperadas: mais 14.501. Nesta altura, o número de casos ativos é de 279.652 (mais 5.691), sendo que existem também 3.300 pessoas sob vigilância.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+