Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Dose de reforço prioritária para cidadãos que vão integrar mesas de voto

06 jan, 2022 - 13:11 • Joana Gonçalves

António Costa confirmou que o Governo pediu à Procuradoria-Geral da República um parecer, com carácter de urgência, para saber se os eleitores podem suspender o isolamento Covid-19 para votar nas eleições legislativas de dia 30.

A+ / A-

O primeiro-ministro anunciou, esta quinta-feira, que será dada prioridade na administração da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 a todos os cidadãos que vão integrar as mesas de voto, das próximas eleições legislativas.

Esta é uma das medidas avançadas pelo Governo para garantir a segurança de todos os portugueses que queiram exercer o direito ao voto.

“Nós temos que fazer tudo dentro do quadro da lei para assegurar duas coisas: que todas as pessoas possam exercer o seu direito de voto e garantir que todos os que exercem esse direito o fazem em segurança e não deixam de o fazer por receio de ser contaminado”, defendeu.

António Costa adiantou, também, que será aumentado o número de mesas de voto antecipado em mobilidade, no dia 23 de janeiro. "Estamos a trabalhar com a associação nacional de municípios para aumentar o número de mesas do voto antecipado", garantiu o primeiro-ministro.

O anúncio surge um dia depois de o Presidente da República ter avançado que o Governo pediu à Procuradoria-Geral da República um parecer para saber se os eleitores podem suspender o isolamento Covid-19 para votar nas eleições legislativas de dia 30 deste mês. Uma informação confirmada por Costa, em declarações após reunião de conselho de ministros.

Já esta quinta-feira, o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições (CNE) defendeu que o direito ao voto por cidadãos em isolamento está "constitucionalmente garantido" e nenhuma autoridade sanitária pode limitá-lo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+