Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Portalegre. Surto com 37 infetados em lar no concelho de Nisa

24 nov, 2021 - 20:24 • Lusa

Devido ao risco de mais casos confirmados, a população de Montalvão vai ser testada na quinta-feira, a partir das 14h30, no mercado coberto daquela freguesia.

A+ / A-

Veja também:


Um surto de Covid-19 num lar em Montalvão, no concelho de Nisa (Portalegre), já infetou 37 pessoas entre utentes, funcionários e administração, disse à agência Lusa a presidente da junta de freguesia, esta quarta-feira.

De acordo com Rogério Belo, o surto no lar Joaquim Maria da Costa infetou pelo menos “27 utentes, nove funcionários e a própria provedora da Santa Casa da Misericórdia de Montalvão”, que gere aquele equipamento.

“Os utentes infetados” com o novo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a Covid-19, “estão isolados e foi contratada uma equipa de reforço, para ajudar nos trabalhos do lar”, acrescentou.

O presidente da Junta de Freguesia de Montalvão indicou ainda que se suspeita que, na comunidade, possam existir mais pessoas infetadas e defendeu uma operação de testagem por parte das autoridades de Saúde aos 200 residentes naquela freguesia.

Contactada pela Lusa, a presidente da Câmara de Nisa, Idalina Trindade, avançou que a população de Montalvão vai ser testada na quinta-feira, a partir das 14h30, no mercado coberto daquela freguesia.

A autarca recordou ainda que já foi testada, no início desta semana, “metade” dos funcionários do município, decorrendo também na quinta-feira ações de testagem aos demais funcionários e colaboradores.

A Covid-19 provocou pelo menos 5.165.289 mortes em todo o mundo, entre mais de 258,29 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.370 pessoas e foram contabilizados 1.130.370 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+