Tempo
|
A+ / A-

Aeroporto de Faro. Apreendido quilo e meio de cocaína vinda do Brasil

15 nov, 2021 - 23:00 • Lusa

Apreensão decorreu no dia 12 de novembro. "Modus operandi utilizado neste caso escondia a droga transportada dissimulada no interior de embalagens de produtos cosméticos, designadamente um frasco de creme para cabelo e um boião de gel redutor", pode ler-se num comunicado da Autoridade Tributária.

A+ / A-

Os funcionários da Alfândega do aeroporto de Faro apreenderam 1,5 quilos de cocaína numa bagagem, revelou esta segunda-feira a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), que nas últimas semanas tem efetuado várias apreensões de droga em voos provenientes do Brasil.

Em comunicado, a AT explicou que a apreensão decorreu no dia 12 de novembro na delegação aduaneira do aeroporto de Faro e que a cocaína estava a ser transportada no interior de uma bagagem que acompanhava um viajante proveniente do Brasil.

"O modus operandi utilizado neste caso escondia a droga transportada dissimulada no interior de embalagens de produtos cosméticos, designadamente um frasco de creme para cabelo e um boião de gel redutor", pode ler-se.

A deteção dos estupefacientes foi levada a cabo pelos funcionários aduaneiros, através de técnicas de análise de risco, inspeção, e controlo desenvolvidas pela AT, no sentido de reforçar as capacidades para cumprir a sua missão no que respeita ao combate à prática de atos ilícitos, à proteção da sociedade e da saúde pública, salienta ainda.

Ao longo as últimas semanas os serviços da Alfândega da AT efetuaram várias apreensões de cocaína nos aeroportos de Lisboa e do Porto, escondida em malas provenientes do Brasil.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+