Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Realizados 20 milhões de testes à Covid-19 desde o início da pandemia

06 nov, 2021 - 12:30 • Carla Caixinha

Este ano houve uma média de cerca de 48 mil testes por dia.

A+ / A-

Desde o início da pandemia, março de 2020, foram feitos 20 milhões de testes à Covid-19 em Portugal. E só este ano, foram já feitos mais de 70% do total de testes - com uma média de cerca de 48 mil testes por dia.

“A marca de 20 milhões de testes, alcançada a 4 de novembro de 2021, reflete o esforço de testagem levado a cabo em Portugal, desde o início da pandemia, esforço este reforçado a partir de março de 2021 com a implementação do Plano de Operacionalização da Estratégia de Testagem em Portugal”, sublinha a nota enviada à redação pela “task force” da testagem.

No mês passado realizaram-se cerca de 1,25 milhões de testes de diagnóstico, com uma média diária de mais de 40 mil testes. Um valor que não inclui os autotestes.

“Estes dados demonstram uma evolução muito positiva da capacidade de testagem no país, através do Serviço Nacional de Saúde, em colaboração com a academia e entidades privadas (laboratórios, farmácias, clínicas e outras entidades)”, refere o mesmo texto.

Quanto à tipologia de testes, realizaram-se cerca de 14,3 milhões de testes TAAN/PCR e aproximadamente 5,7 milhões de TRAg de uso profissional.

A “task force” da testagem é coordenada por Fernando de Almeida, presidente do Conselho Diretivo do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.193 pessoas e foram contabilizados 1.095.337 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A Covid-19 provocou pelo menos 5.028.536 mortes em todo o mundo, entre mais de 248,54 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+