Tempo
|
A+ / A-

​Biodiversidade

Universidade de Évora lidera projeto europeu para certificar boas práticas agrícolas

20 out, 2021 - 11:04 • Rosário Silva

Portugal passa a integrar uma rede europeia que pretende implementar um certificado de integração da biodiversidade na gestão dos agroecossistemas, particularmente a do olival.

A+ / A-

Chama-se OLIVARES VIVOS + e é o projeto que permite a Portugal integrar a rede de países europeus que vai testar e implementar um novo certificado, para garantir a integração da biodiversidade na gestão dos agroecossistemas.

Financiado pelo Programa LIFE na área de Natureza e Biodiversidade, a iniciativa é liderada, no país, pelo professor José Herrera, coordenador do Grupo de Investigação em Biodiversidade e Alterações Climáticas no Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (MED) da Universidade de Évora (UE).

O principal objetivo, segundo o investigador, citado numa nota enviada à Renascença, é “desenvolver um certificado que garanta o compromisso dos olivicultores com a conservação da biodiversidade.”

Para o efeito, “será testado o impacte das práticas agrícolas na biodiversidade, bem como a eficiência de diferentes atuações destinadas à sua conservação”, nomeadamente “o incremento da disponibilidade de refúgios artificiais para a fauna vertebrada e invertebrada”, salienta.

José Herrera destaca, também, a importância de “valorizar o papel da biodiversidade na sustentabilidade dos sistemas agrícolas”, fornecendo “aos agricultores um certificado, que garanta o seu compromisso com a biodiversidade e os serviços derivados da sua conservação”.

Os investigadores esperam igualmente "contribuir para uma maior resiliência e resistência, face às alterações climáticas, do olival, uma cultura chave para a economia da Europa mediterrânea em geral, e de Portugal em particular", refere o investigador.

O projeto conta com a participação de quatro países europeus com particular relevância na área da olivicultura: Espanha, Itália, Grécia e Portugal.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+