Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Vacinação na Madeira com horário alargado até sábado

17 out, 2021 - 12:58 • Lusa

Tanto a vacina contra a gripe como a vacina para a Covid-19 estão a ser administradas em regime de casa aberta.

A+ / A-

Veja também:


Os centros de vacinação da Madeira estão a funcionar com horário alargado entre este domingo e sábado para que a população possa ser vacinada de forma mais célere, anunciou a secretaria regional de Saúde e Proteção Civil.

Numa nota enviada às redações, a secretaria tutelada por Pedro Ramos indica que é possível fazer a vacina contra a gripe ou contra a Covid-19 naqueles espaços, relembrando que já é possível fazer o reforço da vacina contra a doença provocado pelo novo coronavírus.

"A terceira dose está a ser administrada aos grupos prioritários com idade igual ou superior a 60 anos e a pessoas com mais de 50 anos com patologia crónica, para além dos profissionais de saúde e da proteção civil", refere o comunicado.

Ambas as vacinas estão a ser administradas na modalidade de casa aberta, pelo que não é preciso agendar.

De acordo com o último boletim de vacinação, foram administradas desde 31 de dezembro do ano passado até o passado dia 10 de outubro 384.881 vacinas.

A Madeira registou desde o início da pandemia 11.872 casos confirmados de Covid-19, 11.722 recuperações e 76 óbitos associados à doença, segundo o boletim epidemiológico emitido no sábado pela Direção Regional da Saúde.

Atualmente, a região tem 74 casos de Covid-19 ativos.

A Covid-19 provocou mais de 4,8 milhões de mortes em todo o mundo, entre mais de 239 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.088 pessoas e foram contabilizados 1.079.341 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+