Tempo
|
A+ / A-

Casa Aberta para tratar do cartão de cidadão e do passaporte

24 set, 2021 - 16:29 • Lusa

A iniciativa decorre aos sábado. Começa a 2 de outubro em nove Lojas do Cidadão e no Campus da Justiça de Lisboa.

A+ / A-

A iniciativa Casa Aberta para entrega e renovação do cartão de cidadão e do passaporte, arranca a 2 de outubro em nove Lojas do Cidadão e no Campus da Justiça de Lisboa, anunciou esta sexta-feira o Governo.

Segundo o Ministério da Justiça (MJ), a medida visa "resolver as pendências acumuladas durante o período pandémico" e será aplicada em Lojas do Cidadão na área de Lisboa - Laranjeiras, Saldanha, Marvila e Odivelas -, na área do Porto - Porto e Vila Nova de Gaia -, em Coimbra, Braga e Faro. As Lojas do Cidadão com modalidade Casa Aberta passam a estar abertas aos sábados entre as 9h00 e as 22h00.

Também os balcões de atendimento ao público do Instituto de Registos e Notariado (IRN), no Campus da Justiça de Lisboa, funcionarão no mesmo horário e em regime de Casa Aberta para entrega e renovação daqueles documentos.

"Os cartões de cidadão (CC) e os passaportes estarão disponíveis para levantamento nas lojas ou balcões em que tiverem sido solicitados. Para a entrega dos CC o cidadão tem de ser portador da carta pin que recebeu em casa, nesta consta o local onde o CC está disponível para entrega", refere o MJ.

Com a adoção da modalidade Casa Aberta nas regiões do país onde os serviços estão mais pressionados pela procura, o MJ diz pretender fazer face ao acumulado de documentos cujo prazo de validade expirou durante o período de confinamento, como resultado da "necessária redução do atendimento presencial", designadamente com o fecho das Lojas do Cidadão.

"A iniciativa vai prolongar-se por oito sábados, tendo sido decidido pelo Governo que terá início no primeiro fim de semana de outubro, e não no próximo sábado, dia 25, por se tratar do dia de reflexão que antecede as eleições autárquicas do próximo domingo", esclarece o MJ.

A par do atendimento na modalidade Casa Aberta aos sábados, o MJ sublinha que continua a ser possível renovar e levantar o CC e o passaporte durante a semana, nos locais e horários normais, quer por via de agendamentos já efetuados, que se mantêm, quer através de atendimento espontâneo.

"Esta medida de reforço do atendimento presencial junta-se a outras que têm sido adotadas para aumentar a oferta de balcões, nomeadamente a possibilidade de renovação e entrega do CC para maiores de 25 anos nos Espaços Cidadão, mas também para possibilitar que o cidadão prescinda da interação presencial, nos casos em que não seja necessário fazer a alteração de dados biométricos, por exemplo através da entrega postal pelos CTT", precisa o MJ.

A adoção de mecanismos de renovação e entrega não presenciais do CC, nomeadamente a renovação por SMS, a renovação online, a entrega em casa e a renovação automática, permitiram evitar - segundo cálculos do Governo - mais de dois milhões de deslocações para atendimento.

O MJ revela que nos Espaços Cidadão foram realizadas mais de 180 mil renovações do CC e feitas mais de 26 mil entregas deste documento.

"De acordo com as medidas excecionais e temporárias de resposta à situação epidemiológica, os CC cuja validade tenha expirado a partir de dia 24 de fevereiro de 2020 continuam a ser aceites até 31 de dezembro deste ano para todos os efeitos legais, designadamente para exercer o direito de voto", conclui o MJ.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+