Tempo
|
A+ / A-

​Covid-19

Variante Delta continua a ser 100% dominante em Portugal

21 set, 2021 - 12:32 • Cristina Nascimento

Dados do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge dizem respeito à semana de 6 a 12 de setembro em todas as regiões.

A+ / A-

Veja também:


O relatório do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) conclui que a variante Delta continua a ser 100% dominante em Portugal. Os dados reportam-se à semana de 6 a 12 de setembro.

A prevalência desta estirpe é dominante em todas as regiões, aponta o documento.

Na reunião de especialistas no Infarmed, na semana passada, o microbiologista João Paulo Gomes disse que as variantes Beta (originária da África do Sul), Gamma (Brasil), Lambda (Peru e Chile), e Mu (que surgiu na Colômbia e causou algum alvoroço recentemente), não são detetadas há algum tempo, algumas há meses, apesar de alguma transmissão comunitária da Mu e à exceção de um caso da Gamma na região de Lisboa e Vale do Tejo após três semanas sem deteção.

Na altura referiu também que é esperado em Portugal o aparecimento de novas variantes do coronavírus SARS-CoV-2 face ao desequilíbrio da vacinação contra a Covid-19 no mundo.

Desde o início da pandemia, Portugal registou 1.062.320 casos da doença, dos quais 17.914 pessoas morreram.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+