Tempo
|
A+ / A-

Raid Ibérico está de regresso aos céus de Portugal e Espanha

03 set, 2021 - 12:36 • Olímpia Mairos

O programa de seis dias contempla atividades culturais em cada região por onde passam os pilotos amadores.

A+ / A-

O Raid Ibérico 2021 está de volta aos céus de Portugal e Espanha. A iniciativa dos aeroclubes de Bragança e León realiza-se há 18 anos e só parou em 2020, devido à pandemia de Covid-19.

Assim de 4 a 9 de setembro, 50 participantes com 27 aeronaves, vão passar por diversas cidades portugueses e espanholas, com partida em León (Espanha) e escala nas cidades portuguesas de Bragança, Leiria e Lagos, e as últimas etapas nas cidades espanholas de Granada e Málaga.

“O Raid Ibérico é sempre uma iniciativa de promoção dos dois países, com especial incidência na província de León e no distrito de Bragança, porque desses dois territórios são oriundos os aeroclubes responsáveis pela organização”, explica Nuno Fernandes, presidente do Aeroclube de Bragança.

Os pilotos amadores terão também oportunidade de participar em vários programas culturais que “permitem conhecer alguns pontos, outras cidades e vilas próximas”, acrescenta o responsável, destacando a colaboração, este ano, do Aero Clube de Leiria e do Aero Clube de Lagos, que “apoiam na organização do programa social nessas zonas do país e recebem com a maior simpatia”.

Em cada local de paragem, o grupo de 50 elementos tem programas sociais, que incluem visitas a locais de interesse cultural, paisagístico ou patrimonial, bem como experimentação da gastronomia característica do território visitado.

Segundo a organização, o evento, “pela sua história e pela forma como tem decorrido ao longo dos anos, é muito concorrido”, realçando que, este ano, teve de “rejeitar inscrições, já que, por questões e segurança e de logística, tem o limite de 50 participantes”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+