Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19

Novas regras nas escolas pretendem evitar encerramento de turmas inteiras

01 set, 2021 - 17:37 • Redação

Lacerda Sales diz que só devem ser isolados os contactos de alto risco em cada turma.

A+ / A-

As novas regras sanitárias para o sector da Educação no próximo ano letivo merecem, no geral, a concordância de professores e associações de pais. O Governo diz que o objetivo é privilegiar o ensino presencial.

As novas regras da Direção Geral da Saúde (DGS) não obrigam a mexidas significativas nos mecanismos que já tinham sido definidos pelas escolas em anos anteriores. É “obrigatório” o uso de máscara a partir dos 10 anos e “fortemente recomendado” no primeiro ciclo.

E, sempre que surja um caso positivo, a turma já não é obrigada a ficar em casa 15 dias em isolamento. Bastará que tenha “teste negativo” para voltar à escola.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, diz que o objetivo é isolar os contactos de alto risco e evitar o encerramento de turmas inteiras.

“Tentando sempre, dentro daquilo que é possível, mitigar que uma turma possa ir para casa. O objetivo é o que de se faça a identificação dos contactos de alto risco, se possam isolar os contactos de alto risco, mas em que os contactos de baixo risco – se tudo estiver em conformidade – possam manter-se na escola e a turma a funcionar”, disse Lacerda Sales.

O Governo afirma que as novas regras para o arranque do novo ano letivo têm como grande objetivo promover o ensino presencial.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+