Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Cabrita nega validação da festa do Sporting. "Isso é um delírio"

23 jul, 2021 - 12:37 • Redação

Ministro da Administração Interna diz que “não cabe ao Governo fazer festejos nem organizá-los”.

A+ / A-

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, descarta a tese de que houve uma validação política do esquema de organização dos festejos do Sporting em Lisboa.

O primeiro-ministro, António Costa, disse no debate do estado da nação, na quarta-feira, desconhecer o despacho do ministro enviado à PSP sobre o modelo dos festejos na véspera da conquista do campeonato, que, alegadamente, valida a proposta do Sporting e da Câmara de Lisboa.

Em declarações aos jornalistas, na Madeira, o ministro Eduardo Cabrita disse esta sexta-feira que é um “delírio” e nega ter validado a celebração.

“Não há nenhuma validação dos festejos. Isso é um delírio de quem diz isso. Os festejos são uma iniciativa de um clube e o modelo foi definido entre o clube e a autarquia. À PSP cabe-lhe garantir o modelo de segurança”, declarou.

O ministro da Administração Interna sublinha que “não cabe ao Governo fazer festejos nem organizá-los”.

“Cabe garantir o quadro de segurança que a PSP, num contexto de uma iniciativa de um clube, garantiu em condições extremamente difíceis e que foram objeto de análise no inquérito que, aliás, é público”, afirma Eduardo Cabrita.

Sete momentos polémicos de Eduardo Cabrita, o MAI dos "casos"
Sete momentos polémicos de Eduardo Cabrita, o MAI dos "casos"
Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Americo Anastacio
    23 jul, 2021 Leiria 15:55
    Por quanto tempo, mais este sr. ?
  • António dos Santos
    23 jul, 2021 Coimbra 13:20
    Porque não está este gajo calado?!! Pois é um mentiroso compulsivo e sem um pingo de dignidade.

Destaques V+