Tempo
|
A+ / A-

Albufeira. Praia dos Pescadores volta a estar apta para banhos

20 jul, 2021 - 17:28 • Lusa

A praia algarvia tinha sido interditada a banhos ao final da tarde de segunda-feira, depois de ter sido detetada a rutura de uma conduta que enviou resíduos para o mar.

A+ / A-

As autoridades ambientais garantiram hoje que a praia dos Pescadores, em Albufeira, está apta para banhos, depois de na segunda-feira a bandeira vermelha ter sido hasteada após o rebentamento de uma conduta para o mar.

A praia algarvia tinha sido interditada a banhos ao final da tarde de segunda-feira, depois de ter sido detetada a rutura de uma conduta que enviou resíduos para o mar, mas hoje a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) garantiu que "as análises microbiológicas efetuadas à água balnear da praia dos Pescadores indicam que não há risco para a saúde dos utentes".

Com os resultados obtidos, "a situação voltou à normalidade, hoje, dia 20 de julho", acrescentou.

A mesma fonte indicou que a rutura se deu numa "conduta de águas de abastecimento" da cidade de Albufeira e que "a água foi drenada para a praia, atingindo o mar através do pontão da praia dos Pescadores, arrastando muitos sedimentos gerados pela erosão ocorrida na zona afetada pela rutura".

"A situação foi prontamente identificada e solucionada e, como medida cautelar, a Autoridade Marítima hasteou a bandeira vermelha na praia até que os resultados analíticos das amostras comprovassem que a qualidade da água era compatível com a prática balnear", referiu ainda a APA num comunicado.

Na segunda-feira, a Autoridade Marítima Nacional anunciou que tinha detetado na zona "a presença de água de cor castanha e de odor intenso na praia, tendo sido hasteada a bandeira vermelha", que indica aos banhistas a interdição de entrada no mar. .

As autoridades marítimas adiantaram que a interdição se mantinha até à divulgação dos resultados das análises à qualidade da água, realizadas pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), comprovarem que não havia risco para a saúde dos banhistas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+