Tempo
|
A+ / A-

Infarmed anuncia que vacinas da Janssen podem voltar a ser usadas

15 jul, 2021 - 20:32 • Lusa

A "task force" diz à RR que a vacinação em regime "casa aberta" será retomada assim que possível.

A+ / A-

O Infarmed garantiu, esta quinta-feira, a conformidade das vacinas da Janssen em distribuição em Portugal com as especificações do regulador europeu e anunciou que o lote suspenso na quarta-feira pode ser utilizado nos centros de vacinação.

"Foram realizados ensaios relativos às características físico-químicas da vacina, que comprovam a conformidade de todos os lotes que se encontram no circuito de distribuição, de acordo com as especificações aprovadas em sede de avaliação pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA)", adiantou a Autoridade Nacional do Medicamento, em comunicado.

Segundo o regulador nacional, na sequência das investigações realizadas, foi revogada a suspensão de utilização do lote XE393, "podendo neste sentido ser utilizado pelos Centros de Vacinação, tendo em conta o previsto no Resumo das Características do Medicamento desta vacina, relativamente às suas condições de conservação, uma vez que não foi detetado qualquer defeito de qualidade com o mesmo".

Na quarta-feira, o Infarmed anunciou que estava a investigar a qualidade de vacinas da Janssen disponibilizadas no Centro de Vacinação Covid-19 de Mafra, depois de utentes terem desmaiado após terem sido vacinados.

A autoridade nacional do medicamento explicou, na quarta-feira, que as medidas surgem "no seguimento dos casos de reações adversas (síncope), notificados com a vacina da Janssen, no centro de vacinação de Mafra".

Já esta quinta-feira, a "task force" que coordena a vacinação em Portugal anunciou que a modalidade "casa aberta" foi suspensa devido à redução da disponibilidade de vacinas, na sequência da interrupção de um lote da marca Janssen. Em declarações à Renascença explica agora que a modalidade será retomada logo que possível.

"Tendo em conta a suspensão de um lote de vacinas da marca Janssen (...) e a consequente redução na disponibilidade de vacinas, foi decidido suspender, de imediato, a modalidade "casa aberta", referiu a nota da "task force" da vacinação enviada às redações, ao avançar que esta vacinação específica será retomada "logo que possível".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+