Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Convívios e turistas em fins de semana alargados aumentam casos no Algarve

23 jun, 2021 - 18:26 • Lusa

Na sexta-feira, a incidência do número de casos no Algarve era de 135 casos por 100 mil habitantes, agora está nos 186.

A+ / A-

Veja também:


Os convívios familiares e os turistas que visitaram o Algarve nos fins de semana prolongados contribuíram para a subida de casos de Covid-19 na região, afirmou a delegada de Saúde, admitindo que pode também haver influência da variante Delta.

Em declarações à Lusa, Ana Cristina Guerreiro reconheceu que há "bastantes casos" na população residente, no entanto, aponta a presença de um "grande número de turistas nacionais [nos fins de semana alargados] e estrangeiros" como um fator que tem contribuído para "estes números de casos diários tão elevados".

Até às 00h00 de terça-feira, a taxa de incidência acumulada de Covid-19 a 14 dias no Algarve era de 186 casos por 100.000 habitantes, no seguimento de uma tendência "progressivamente crescente", referiu a delegada de Saúde regional do Algarve.

Questionada sobre a influência da variante Delta do novo coronavírus, aquela responsável disse suspeitar que a variante possa ter influenciado o "rápido aumento do número de casos" no Algarve, tendo em consideração a situação da Área Metropolitana de Lisboa. .

No entanto, frisou, a sua presença na região "é uma incógnita", já que as autoridades de saúde locais ainda aguardam o resultado de uma centena de amostras que foram enviadas para avaliação para o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

Na sexta-feira, a incidência do número de casos no Algarve era de 135 casos por 100 mil habitantes. .

Entre a população residente, a maioria dos casos continua a ter origem, sobretudo, em agregados familiares com poucas condições de isolamento e em "reuniões familiares alargadas, em jantares e festas". .

Na sexta-feira, em conferência de imprensa, a delegada de Saúde tinha referido que um terço dos casos de Covid-19 no Algarve eram de estrangeiros, na sua maioria turistas, pedindo que a fórmula de cálculo da taxa de incidência fosse revista.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 3.884.538 vítimas mortais em todo o mundo, resultantes de mais de 179 milhões de casos de infeção diagnosticados oficialmente, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP. .

Em Portugal, morreram 17.074 pessoas e foram confirmados 866.826 casos de infeção, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde. .

A doença respiratória é provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China. .

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+