Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19

Fernando Medina confirma. Lisboa não vai avançar no desconfinamento

08 jun, 2021 - 21:57 • Redação com Lusa

Autarca antecipou, no seu habitual comentário na TVI 24, que o concelho de Lisboa "não irá progredir relativamente ao desconfinamento" e aproveitou para pedir "bom senso" durante os Santos Populares.

A+ / A-

Veja também:


O presidente da Câmara de Lisboa confirma que a região de Lisboa “não irá progredir relativamente ao desconfinamento”.

Em declarações no habitual espaço na TVI24, Fernando Medina antecipou o anúncio do primeiro-ministro que, esta quarta-feira, vai presidir ao Conselho de Ministros onde será atualizado o ritmo do desconfinamento em Portugal.

“Lisboa não tem condições de fazer esse avanço”, reconheceu o autarca da capital.

Em causa a situação epidemiológica na região onde há vários dias se confirmam a maioria dos casos de Covid-19. "Lisboa está numa situação que não é fácil".

"O número de casos excedeu o patamar dos 120 [casos por 100 mil habitantes], entrou em situação de alerta".

Na última semana, o número de casos por 100 mil habitantes continuou a progredir, embora a um ritmo mais lento, significa que Lisboa amanhã, que é o dia da avaliação, não irá progredir relativamente ao desconfinamento", referiu.

A “grande questão” é saber se vai ser possível, “durante as próximas semanas, controlar a situação, eventualmente conseguindo que ela se reduza e melhore, ou então se se vai registar um agravamento da situação”, explicitou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa.

No conjunto da região de Lisboa e Vale do Tejo, há mais de uma semana que se regista, consecutivamente, mais de metade do total de casos de Covid-19 reportados em Portugal: de acordo com o boletim epidemiológico desta terça-feira, Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a que tem mais novos casos confirmados, com 348 dos 598 registados no período em análise, o que representa 58,1 por cento do total.

Se a situação não melhorar, poderá ter de haver recuo.

Fernando Medina aproveita para pedir "bom sendo comum" durante os Santos Populares. O autarca pede que não se festeje na rua.

[notícia atualizada às 23:55]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Bruno
    08 jun, 2021 aqui 22:48
    Andaram a inventar indicadores estatísticos só para ver se Lisboa desconfinava mas nem assim. E viva o Sporting!

Destaques V+