Tempo
|
A+ / A-

Pedro Santos Guerreiro

"Não percebi". Festas populares estão proibidas, mas o Porto vai ter São João?

02 jun, 2021 - 20:10

Qual é a regra? Pedro Santos Guerreiro pede "clareza" e diz não perceber por que razão o Porto pode celebrar o São João, quando o Governo determina que as festas dos Santos Populares estão proibidas. "Tudo isto prenuncia, outra vez, exceções que ameaçam a adesão popular àquilo que é a regra", avisa.

A+ / A-
Comentário de Pedro Santos Guerreiro - 2 de junho
Comentário de Pedro Santos Guerreiro - 2 de junho

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Petervlg
    04 jun, 2021 Trofa 07:26
    é os políticos que temos, a burrice é tamanha que dá para tudo!
  • Ivo Pestana
    03 jun, 2021 Funchal 11:43
    Os portugueses têm de acabar com a inveja. As festas têm a haver com critérios e estudos. Cada caso é um caso e se eu não posso e os outros podem ter festas, paciência e qual é o drama? Francamente sr. Guerreiro, não esperava isto da sua parte.
  • Ivo Pestana
    02 jun, 2021 Funchal 19:38
    Acho bem. Os Portuenses também levaram com os ingleses. Merecem uma festa.

Destaques V+