Tempo
|
A+ / A-

Trabalhadores do SEF fazem greve geral a 7 de maio

30 abr, 2021 - 10:05 • Celso Paiva Sol

Pela primeira vez na história do SEF, os três sindicatos juntam-se num protesto conjunto contra a restruturação.

A+ / A-

Para o dia 7 de maio foi agendada uma greve geral no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Pela primeira vez na história do SEF, os três sindicatos – dois de inspetores e um de administrativos - juntam-se num protesto conjunto, contra a restruturação lançada pelo Governo.

O pré-aviso de greve foi entregue no final da semana passada, e nesta altura está a ser analisado no Tribunal Arbitral, onde serão definidos os serviços mínimos.

O pré-aviso abrange todos os funcionários do SEF, tenham a função que tiverem, é válido por 24 horas em todos os departamentos.

Com o fim do estado de emergência e a reabertura das fronteiras, os sindicatos acreditam que estão criadas as condições para uma adesão em massa à paralisação.

Os sindicatos do SEF contestam a reforma que o Governo lançou, acusando o Ministro da Administração Interna de estar a fazer o que a Constituição não permite, que é fazer uma reforma do sistema de segurança interna sem ouvir a Assembleia da República.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Anónimo
    30 abr, 2021 Lisboa 21:06
    Bando de calões que não querem trabalhar!

Destaques V+