Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Um quarto dos portugueses do primeiro grupo prioritário ainda não foram vacinados

01 abr, 2021 - 18:30 • Joana Gonçalves

A primeira fase do plano de vacinação contra a Covid-19 deverá ser concluída durante o mês de abril.

A+ / A-

Veja também:


Três meses depois do arranque do plano de vacinação contra a Covid-19 em Portugal, um quarto dos portugueses abrangidos nos grupos prioritários da primeira fase aguardam ainda pela primeira dose da vacina.

"No dia 28 de março encontravam-se em falta cerca de 300 mil pessoas, estimando-se que sejam vacinados até meados de abril", adiantou à Renascença fonte da "task force" da vacinação.

De acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS), este grupo inicial abrange cerca de 1,2 milhões de utentes.

O último relatório da DGS adiantou que 80% dos portugueses com mais de 80 anos já receberam a primeira dose da vacina e cerca de 33% têm já a vacinação completa. Na lista segue-se a faixa dos 50-64 anos, com 11% do total com pelo menos uma dose administrada.

No último fim de semana foram vacinados mais de 60 mil professores e funcionários de jardins de infância e escolas do primeiro ciclo. Ao todo, a medida abrange 280 mil docentes e não docentes, do ensino público e privado, que deverão receber a vacina da AstraZeneca/Oxford durante o mês de abril.

Ao contrário do que aconteceu nas estruturas residenciais para idosos, os professores e não docentes que já tenham sido infetados com Covid-19 não vão receber a vacina nesta primeira fase.


Vacinação contra a Covid-19 por grupo etário

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+