A+ / A-

Deco

Eletrodomésticos com novas etiquetas energéticas a partir de março

23 fev, 2021 - 12:22 • Sandra Afonso

Nova etiqueta energética, com uma escala de A a G, permite identificar facilmente os mais eficientes.

A+ / A-

Não estranhe se encontrar alterações na informação energética, apenas nalguns produtos. A partir de março, as novas etiquetas vão estar visíveis, numa primeira fase, apenas em cinco grupos de eletrodomésticos: frigoríficos, congeladores, aparelhos de armazenagem de vinho, máquinas de lavar louça, máquinas de lavar roupa, máquinas combinadas de lavar e secar roupa, televisores e ecrãs.

Já as lâmpadas terão a nova etiqueta a partir de 1 de setembro.

Ainda segundo a ADENE - Agência para a Energia e a DECO, as alterações arrancam em simultâneo, nas lojas físicas e online.

O que muda?

A principal alteração está na escala de classes de eficiência energética, que regressa à forma original: de A (mais eficiente) a G (menos eficiente). Ou seja, são eliminados os vários níveis de A e passa a existir apenas um.

“Nesta mudança os procedimentos de ensaio e de cálculo da eficiência energética de alguns produtos foram revistos, as classes energéticas da antiga etiqueta foram reescalonadas e a etiqueta tem um novo grafismo”, dizem as organizações.

A nova etiqueta energética tem ainda um código QR, que direciona o consumidor para a Base de Dados de Produtos Europeia e pictogramas, novos ou revistos, onde encontra informações adicionais sobre o desempenho e características dos artigos.

Que iniciativa é esta?

É financiada pela União Europeia, no âmbito do programa “Horizonte 2020”, com o objetivo de promover produtos mais eficientes na europa.

Em Portugal, está a ser implementada por dois projetos. A ADENE - Agência para a Energia, em coordenação com a Direção-Geral de Energia e Geologia, é responsável pela implementação do LABEL2020, que reuniu toda a informação sobre as alterações.

A DECO PROTESTE é responsável pela sua implementação ao nível dos consumidores, em colaboração com a Worten, é responsável pelo BELT (Boost Energy Label Take Up).Pode consultar aqui alterações das etiquetas e o impacte energético e ambiental de cada produto.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+