Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Covid-19

Variante britânica com prevalência de 50% em Lisboa e Vale do Tejo

28 jan, 2021 - 14:59 • Redação

Marta Temido respondeu às críticas da oposição parlamentar com uma garantia: o Governo e o país "continuam a lutar" e o executivo "não desertou" do combate contra a pandemia de Covid-19.

A+ / A-

Veja também:


A nova variante britânica do vírus da Covid-19 já tem uma prevalência de 50% na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), afirmou esta quinta-feira a ministra da Saúde, durante o debate parlamentar de renovação do estado de emergência. Marta Temido cita o último relatório da Direção-Geral da Saúde.

Marta Temido afirma que o Governo e o país "continuam a lutar" e que o executivo "não desertou", como tinha acusado anteriormente a oposição.

“Continuamos a lutar. Ontem atingimos 7 milhões de testes realizados, continuamos a lutar com a administração de vacinas, no Serviço Nacional de Saúde em colaboração com todos os restantes parceiros, com a tranquilidade de quem tem de responder todos os dias aos portugueses e com o peso e solenidade quem em momento nenhum pode ser afastado, de que não é de todo aceitável que utilizemos a morte e a doença como argumento político”, declarou a ministra da Saúde.

Marta Temido afirma que "o momento é grave e o debate deve ser sério". O Governo e o país têm feito no último ano um esforço sobre-"humano para se preparar para toda a dinâmica que a pandemia tem trazido", disse.


A governante rejeitou as críticas da oposição de que o executivo não atuou a tempo para travar a nova estirpe britânica, com uma taxa de transmissibilidade mais elevada.

“Quando o Reino Unido notificou à Organização Mundial de Saúde, em meados de dezembro, a existência de uma nova variante tomámos logo medidas, relativamente a viagens, a voos, e começamos a acompanhar aquilo que já havíamos fazendo com sequenciação genética os resultados laboratoriais. O Instituto Ricardo Jorge, aos primeiros dias, referiu que ainda não tinha identificado nenhuma destas variantes a circular, como identificou depois algumas, nomeadamente na Madeira, e a sua expressão no Continente."

"Estamos a lidar com uma doença com mutações e que nesta nova variante apresenta um potencial que começa a agora a ser descrito como tendo maior letalidade", sublinhou Marta Temido.

O deputado Telmo Correia, do CDS, acusou o Governo de falhar em toda a linha na preparação para a nova vaga da pandemia. “Se criticar o Governo é crime, eu confesso. Em Portugal é crime é abandonar as pessoas”, afirma Telmo Correia.

Desde o início da pandemia estão confirmados 11.305 mortes e quase 669 mil infeções de Covid-19 em Portugal, indica o boletim de quarta-feira da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+