A+ / A-

​Cutileiro. Costa lamenta morte de quem ajudou a “dessacralizar a estatuária”

05 jan, 2021 - 14:39 • Cristina Nascimento

Cutileiro, 83 anos, faleceu esta terça-feira, no Hospital Pulido Valente, em Lisboa, com complicações provocadas por um enfisema pulmonar.

A+ / A-

O primeiro-ministro António Costa lamentou publicamente a morte do escultor João Cutileiro.

Numa publicação na rede social Twitter, Costa lembra o trabalho do artista que, diz, ajudou a “renovar o espaço público” e a “dessacralizar a estatuária”.

"É com profunda tristeza que lamento a sua morte", acrescenta Costa.

Cutileiro, 83 anos, faleceu esta terça-feira, no Hospital Pulido Valente, em Lisboa, com complicações provocadas por um enfisema pulmonar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+