Siga-nos no Whatsapp
A+ / A-

Jornalista da Renascença ganha prémio atribuído pela Liga Portuguesa Contra o Cancro

29 dez, 2020 - 12:35

André Rodrigues com a peça "A vida não se descarta como no ecoponto" venceu nas categorias de Audiovisual e Rádio.

A+ / A-

O jornalista da Renascença André Rodrigues venceu o prémio de audiovisual e rádio atribuido pela Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC). A reportagem premiada foi "A vida não se descarta como no ecoponto", publicada em dezembro de 2019.

Nesse trabalho, o jornalista Andrè Rodrigues passou um dia no Centro de Acolhimento "O Poverello", uma unidade de cuidados paliativos onde "ninguém desiste dos doentes".

O prémio de imprensa foi entrega à jornalista Cláudia Pinto pelo artigo "O lado invisível do cancro pediátrico", publicado na Notícias Magazine. Foi ainda atribuída uma menção honrosa à jornalista Paula Castanho, pela peça de televisão "Cancro da Próstata- Retrato de Saúde", da SIC Mulher.

Os prémios de jornalismo têm o valor de 10 mil euros, e contaram com o apoio institucional do Sindicato de Jornalistas e da AstraZeneca.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+