Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. António Costa em isolamento profilático depois de encontro com Macron

17 dez, 2020 - 11:32 • Marta Grosso

Primeiro-ministro não tem sintomas da doença, mas decidiu cancelar a viagem que tinha marcada para sexta-feira a São Tomé e Princípe e à Guiné-Bissau. Na quarta-feira, almoçou com o Presidente francês, que está infetado com Covid-19.

A+ / A-
Covid-19. António Costa em isolamento profilático depois de encontro com Macron
Covid-19. António Costa em isolamento profilático depois de encontro com Macron

O primeiro-ministro está em isolamento profilático preventivo, na sequência do encontro que manteve na quarta-feira com o Presidente francês, que testou positivo para a Covid-19. António Costa já realizou o teste e garante estar assintomático.

A informação foi avançada nesta quinta-feira num comunicado enviado à Renascença, segundo o qual António Costa não apresenta quaisquer sintomas da doença e continua a trabalhar, mas sem manter contacto com ninguém.

Nesta manhã, realizou um teste para saber se está infetado com o novo coronavírus e aguarda a avaliação do grau de risco por parte das autoridades de saúde.

Por uma questão de precaução, António Costa decidiu cancelar a deslocação a São Tomé e Príncipe e à Guiné-Bissau, visitas que deveriam decorrer entre sexta-feira e domingo.

Foi ainda cancelada “toda a agenda pública que implique a sua presença física”, indica o comunicado.

"Sinto-me bem e sem quaisquer sintomas"

Numa mensagem publicada na rede social Twitter, o primeiro-ministro diz que se encontra em "isolamento profilático preventivo até avaliação do grau de risco por parte das autoridades de saúde".

António Costa partilha também uma fotografia do momento em que realizou um teste para avaliar se está ou não infectado com o vírus da Covid-19.

O chefe do Governo confirma que decidiu “cancelar e deslocação a África, bem como toda a agenda pública que implique a minha presença física. Mantenho toda a atividade executiva e a agenda de trabalho à distância. Sinto-me bem e sem quaisquer sintomas”.

O Presidente francês, Emmanuel Macron, testou positivo ao novo coronavírus, após ter apresentado os primeiros sintomas da doença – um diagnóstico confirmado nesta quinta-feira, um dia depois de uma reunião e de um almoço de trabalho com o primeiro-ministro português no Palácio do Eliseu, em Paris.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sanchez, almoçou com Emmanuel Macron na segunda-feira, pelo que também vai ficar de quarentena até dia 24.

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, decidiu cumprir o isolamento profilático. Michel e Macron estiveram juntos na passada segunda-feira, dia 14.

[notícia atualizada]

Como funcionam as vacinas e como nos protegem do novo coronavírus?
Como funcionam as vacinas e como nos protegem do novo coronavírus?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Maria
    17 dez, 2020 Lisboa 12:24
    Mas estes 2 governantes ainda não sabem que não se devem fazer refeições com outras pessoas fora do agregado familiar? Ainda que o Dr. António Costa não tenha sido contagiado, é mesmo mau exemplo.

Destaques V+