Tempo
|
A+ / A-

Dez bombeiros de Queluz infetados com Covid-19

29 jun, 2020 - 09:47 • Olímpia Mairos

Foram realizados testes aos mais de 120 operacionais não tendo sido possível identificar a cadeia de transmissão.

A+ / A-

O comandante dos bombeiros de Queluz, Hugo Neves, e outros nove bombeiros da corporação, estão infetados com o novo coronavírus.

“Temos uma dezena de operacionais infetados, eu, inclusive, em isolamento”, afirma à Renascença o comandante Hugo Neves, explicando que não foi possível “identificar a cadeia de transmissão”.

“Nós estamos numa cidade muito saturada em casos, está a ser muito castigada, nós fazemos mais de uma dezena de transportes confirmados Covid-19 por dia e, se associarmos tudo isto ao serviço que são suspeitas, em que não temos certezas, em que os próprios utentes não sabem, percebemos a dificuldade em encontrar um foco inicial”, explica o comandante Hugo Neves.

De acordo com o comandante da corporação de Queluz, “houve três elementos que durante a semana passada tiveram sintomatologia sugestiva, foram testados, confirmados positivos”.

“Depois destes elementos, impõe-se a testagem a todo o efetivo quer operacional quer administrativo. E é esta a situação. Dez assintomáticos ou com sintomatologia pouco expressiva”, acrescenta o comandante da corporação de Queluz.

Os dois primeiros elementos infetados integram as equipas de resposta de emergência pré-hospitalar.

Operacionalidade não está posta em causa

Os bombeiros infetados estão obrigados, por ordem médica, a quinze dias de quarentena, mas a operacionalidade dos Bombeiros de Queluz não está posta em causa.

“Acreditamos e tudo faremos para continuar a oferecer a resposta ao serviço da melhor forma, com um efetivo de aproximadamente 120 elementos”, afirma Hugo Neves, realçando que estão “integrados numa rede de proteção civil que pode complementar a resposta na nossa área de atuação”.

Os elementos dos Sapadores Bombeiros de Lisboa irão ao quartel dos Bombeiros de Queluz, esta segunda-feira, avaliar a necessidade de uma eventual desinfeção das instalações

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+