Tempo
|
A+ / A-

Sobe para 37 o número de infetados com Covid-19 após festa ilegal em Lagos

17 jun, 2020 - 14:54 • Redação

“Confirmo que nesta festa as pessoas residiam em vários sítios. Estão disseminadas por várias regiões e concelhos do Algarve", disse Graça Freitas.

A+ / A-

Veja também:


Aumenta para 37 o número de casos confirmados de Covid-19 na sequência de uma festa ilegal em Lagos.

O número foi confirmado esta terça-feira, em conferência de imprensa, pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas.

“Confirmo que nesta festa as pessoas residiam em vários sítios. Estão disseminadas por várias regiões e concelhos do Algarve", disse Graça Freitas aos jornalistas.

“Temos todos muita vontade de conviver, de voltar à vida normal, mas temos de ter muito cuidado com este tipo de manifestações”, apela a diretora-geral da Saúde.

Entre as pessoas infetadas na festa ilegal do passado dia 7 de junho estão duas crianças de sete e 11 anos.

Dois dos infetados, de 39 e 27 anos, estão internados, e o seu estado de saúde é considerado preocupante.

Dois restaurantes e um supermercado de Lagos foram encerrados devido a casos de Covid-19 na sequência da festa com mais de uma centena de pessoas.

Estão a decorrer mais testes para tentar encontrar mais casos.

MAPA DA COVID-19

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+