Tempo
|
A+ / A-

Directora do SEF demite-se antes que ministra a demita

04 out, 2017 - 19:22

Segundo o "Expresso", a demissão deve-se ao "incumprimento de objectivos".

A+ / A-

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, demite Luísa Maia Gonçalves, directora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. A informação está a ser avançada pelo "Expresso".

Segundo o semanário, a saída de Luísa Maia Gonçalves deve-se ao "incumprimento de objectivos".

Já o Governo anunciou que a directora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras apresentou a sua demissão, na sequência de uma reunião solicitada pela ministra da Administração Interna com a intenção de a exonerar, anunciou o Governo.

"A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, convocou hoje, dia 4 de Outubro, a directora nacional do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), Luísa Maia Gonçalves, para uma reunião com o propósito de lhe comunicar a sua intenção de a exonerar, tendo Luísa Maia Gonçalves apresentado a sua demissão", segundo um comunicado divulgado pelo Ministério da Administração Interna.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Victor
    05 out, 2017 Lx 21:08
    Sabemos muito bem como o PS e a esquerdalha detestam o SEF pois acham que tem que entrar tudo em Portugal; também sabemos como os(as) incompetentes (ministra) empurram os(as) competentes para fora para poderem sobreviver e distrair quem assiste.
  • Eborense
    05 out, 2017 Évora 13:28
    Sr.(a) Ministra. Então e você? Cumpriu todos os objectivos? Será que um dos objectivos era superar a área florestal ardida na última década? Será que outro objectivo era ultrapassar o número de mortos em incêndios? Outro objectivo seria aumentar o número de acidentes rodoviários e consequentemente o número de mortos e feridos? Se os objectivos a atingir por sua Excelência eram estes, então parabéns, porque não só os atingiu, como os superou largamente. Penso, que já merece uns dias de descanso e aproveitar esses dias para jogar flippers com o seu namorado.
  • mendes
    05 out, 2017 braga 12:07
    com o ps e assim mesmo ou lhe beijam os pes os sao facistas e racistas e vao para a rua a velha frase perdura quem se mete com o ps leva ai leva leva
  • Alberto
    05 out, 2017 FUNCHAL 11:58
    A "chorona" a querer fazer prova de vida depois dos incêndios; até pensei que tinha emigrado!
  • VICTOR MARQUES
    05 out, 2017 Matosinhos 11:21
    O algarvio tem uma expressão adequada para isto: "Má que gente tâ fêa"!!!...
  • Ricardo
    05 out, 2017 Matosinhos 04:26
    É lamentável, mais uma incompetência da ministra da administração interna, mas como qualquer governo só lhe interessa os mais otários para esta pasta nem é de admirar. A senhora ministra já devia ter vergonha na cara e demitir se dado não ter condições para continuar mas enfim.
  • Filipe
    05 out, 2017 évora 01:17
    Não foi culpada dos incêndios , enganou-se .
  • Manuel
    04 out, 2017 Lx 23:30
    A actual ministra é a maior incompetente que já passou no MAI, morrram este ano nos incendios mais de 60 pessoas e não assumiu as suas responsabilidades politicas, permaneceu no cargo como nada se tivesse passado e a unica coisa que tem feito é abrir processos diciplinares e demitir dirigentes!!Neste caso concreto a Ministra não gostou do relatório que se opunha às alterações da lei de estrangeiros ou quis que a directora do SEF agilizasse a residencia da Madona!!Estamos entregues à bicharada!!
  • SAMI FAAL
    04 out, 2017 PORTO 22:36
    No Benfica as cadeiras voam no governo dançam. Rosto vai rosto vem, o que muda? Rosto.

Destaques V+