A+ / A-

Sarampo

Marcelo apela à vacinação para o Estado não ter de recorrer a meios obrigatórios

19 abr, 2017 - 12:53

Na cerimónia comemorativa dos 111 anos do Edifício Sede da NOVA Medical School, cumpriu-se um minuto de silêncio de homenagem à jovem com sarampo que morreu esta quarta-feira.

A+ / A-

O Presidente da República apelou esta quarta-feira aos pais para pensarem na saúde dos filhos e dos outros concidadãos para que o Estado não tenha que recorrer "a meios obrigatórios de intervenção" na questão do sarampo.

No discurso durante a cerimónia comemorativa dos 111 anos do edifício-sede da NOVA Medical School, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa referiu-se à jovem de 17 anos com sarampo, que faleceu de madrugada no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, e pela qual foi feito um minuto de silêncio no início da sessão.

"A minha terceira palavra [pedagogia] dirige-se sobretudo aos pais e aos encarregados de educação portugueses, que serão os primeiros a compreenderem os seus deveres para com os seus filhos, pensando na saúde deles e pensando na saúde dos filhos dos outros portugueses, dos demais concidadãos, num espírito de solidariedade social", apelou.

Na opinião do Presidente da República, "é a capacidade para compreender isso que permite ao Estado, à administração pública não ter de recorrer a meios obrigatórios de intervenção, acreditando na compreensão de todos para aquilo que são problemas não apenas de saúde individual, mas de saúde pública em Portugal".

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Rosinda
    19 abr, 2017 palmela 15:52
    Todos os dias se mete numa vai de encrenca em encrenca ate um dia cair no chao!
  • Pinto Lopes da Costa
    19 abr, 2017 Feijó 14:39
    PROBLEMA -> REACÇÃO -> SOLUÇÃO SOLUÇÃO = Vacinar o rebanho = Destruir a imunidade natural = perpetuar os negócios do "BIG PHARMA" A Tirania Democrática no seu melhor.

Destaques V+