Tempo
|
A+ / A-

PISA. Alunos portugueses acima da média em ciências e leitura

06 dez, 2016 - 10:00 • Hugo Monteiro

Resultados do PISA 2015 colocam Portugal acima da média dos países da OCDE pela primeira vez em seis edições deste estudo. O Alentejo Litoral é a região com os melhores desempenhos.

A+ / A-

Pela primeira vez desde 2000, Portugal consegue resultados acima da média da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). De acordo com o estudo PISA 2015, os alunos portugueses subiram em todo os domínios, mas é nas ciências e na leitura que se destacam.

Em literacia científica Portugal chega aos 501 pontos - mais 12 do que em 2012, o ano do anterior relatório PISA. Já em literacia de leitura, atinge os 498 pontos, mais 10 do que há três anos. Por fim, em literacia matemática, os alunos portugueses conseguem 492 pontos - mais cinco do que em 2012.

Estes resultados que colocam Portugal acima da média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) em ciência e leitura, pela primeira vez em seis edições do PISA.

Nestas áreas, Portugal integra o segundo bloco de países com melhores resultados. Ocupa a 17.ª posição entre os países da OCDE no que diz respeito às ciências e a 18ª na leitura. Fica, no entanto, mais abaixo na matemática - no lugar 22.

Desde o primeiro ciclo do PISA - em 2000 - que Portugal tem registado uma tendência de melhoria dos resultados nestes três domínios.

Melhores e piores desempenhos

Em termos nacionais, o Alentejo Litoral é a região com os melhores desempenhos. Os piores resultados verificam-se nas unidades territoriais do Tâmega e Sousa, Alto Tâmega e Trás-os-Montes.

Os rapazes são melhores em ciências e matemática. As raparigas em leitura.

De acordo com a OCDE, a subida de resultados verifica-se em todos os níveis de escolaridade e Portugal é mesmo o país com a maior progressão na percentagem de alunos com performances de topo em literacia científica entre 2006 e 2015.

O Estudo PISA, da responsabilidade da organização, realiza-se de três em três anos. Avalia as competências de alunos de 15 anos de idade para aplicar os conhecimentos aprendidos na escola em situações práticas do dia-a-dia, em três domínios: Leitura, Matemática e Ciência.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+