Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

​Herman José eternamente grato ao "irmão e amigo" Nicolau Breyner

14 mar, 2016 - 19:21

"Não imagino vida mais útil e mais profícua", escreveu Herman José na rede social Facebook.

A+ / A-

Veja também:


A morte de Nicolau Breyner representa a perda de um “irmão, um amigo” e de um "homem bom", para o humorista Herman José.

Numa mensagem publicada na rede social Facebook, Herman José prestou homenagem ao actor e realizador desaparecido esta segunda-feira, aos 75 anos.

“Perdi um irmão e um amigo. Não imagino vida mais útil e mais profícua. A minha gratidão será eterna”, escreveu Herman José.

Em declarações à Renascença, Herman considerou Nicolau Breyner o "paradigma do homem bom, nada vingativo, ajudava a troco de nada, adorava pessoas, adorava colegas, adorava as coisas boas da vida".

Os dois amigos deram a vida a “Sr. Contente e Sr. Feliz”, uma das duplas mais famosas da história da televisão portuguesa, e Herman faz questão de o salientar.

"Foi o meu anjo da guarda nos meus primeiros três anos de vida artística. E foi graças a ele que eu arranquei o meu primeiro êxito, que foi o ‘Sr. Feliz’, que se mantém até hoje, que é uma coisa impressionante.”

A morte de Nicolau Breyner desperta vários sentimentos em Herman José. “Há aqui uma mistura de desgostos, com admiração e uma pontinha de inveja, porque muito poucos de nós terão a felicidade de acabar na história como eles, no auge e como uma figura que se vai eternizar como um dos maiores nomes espectáculo português”, sublinha.

O actor, realizador e produtor Nicolau Breyner morreu esta segunda-feira, aos 75 anos, na sua casa em Lisboa.

Nascido em Serpa, no distrito de Beja, a 30 de Julho de 1940, com uma carreira de mais de 60 anos, o actor deixou uma marca intensa na televisão portuguesa, sobretudo através de telenovelas muito populares como "Vila Faia" e "Cinzas", entre outras.

Perdi um irmão e um amigo. Não imagino vida mais útil e mais profícua. A minha gratidão será eterna. #nicolaubreyner

Publicado por Herman José em Segunda-feira, 14 de Março de 2016
Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Antonio Gomes
    14 mar, 2016 Lisboa 20:06
    Nicolau Breyner foi parte integrante das grandes alegrias vividas a seguir ao 25 de Abril . Um bom homem, daqueles cuja voz inspira confiança, alegria e um imenso bem estar . Portugal acaba de perder mais um dos seus mais carismáticos filhos. Irá no entanto perdurar para sempre nas nossas memórias mais Felizes.
  • Carlos Costa
    14 mar, 2016 Santarem 19:33
    Portugal acabou de perder um dos seus maiores atores.Grande Nicolau.Até sempre Nicolau,descansa em paz.

Destaques V+