A+ / A-

Incêndio em Valência teve origem num eletrodoméstico de cozinha

11 mar, 2024 - 14:45 • Redação

A responsável anunciou que o inquérito foi arquivado, uma vez que foi descartado que haja "indícios criminais".

A+ / A-

O incêndio no edifício do bairro valenciano, onde morreram dez pessoas, foi um “acidente fortuito”, tendo começado num eletrodoméstico da cozinha de uma casa, indicou a delegada do Governo na Comunidade Valenciana, Pilar Bernabé, esta segunda-feira.

A responsável anunciou que o inquérito foi arquivado, uma vez que foi descartado que haja "indícios criminais".

As seguradoras já podem entrar no interior do prédio e proceder à realização do seu trabalho para que os residentes afetados possam "recomeçar os seus projetos de vida".

A notícia anula a convicção anterior de que o incêndio teria sido provocado por um curto-circuito eléctrico no mecanismo de um toldo de uma varanda exterior a um apartamento.

O incêndio deflagrou no dia 22 de fevereiro, pouco depois das 17h30, num imóvel no oitavo andar, e o fogo espalhou-se rapidamente por todo o edifício devido aos materiais utilizados na parede.



Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+