A+ / A-

Tragédia em Espanha

Pelo menos quatro mortos em incêndio que destruiu edifícios em Valência

22 fev, 2024 - 18:31 • Ana Kotowicz

Além das vítimas mortais, 14 pessoas ficaram feridas. Dezanove pessoas estão dadas como desaparecidas. Chamas consumiram dois prédios de habitação contíguos.

A+ / A-
Pelo menos 4 mortos e 14 feridos em incêndio que destruiu edifícios em Valência. Foto: Manuel Bruque/EPA
Pelo menos 4 mortos e 14 feridos em incêndio que destruiu edifícios em Valência. Foto: Manuel Bruque/EPA
Foto: Manuel Bruque/EPA
Foto: Manuel Bruque/EPA
Foto: Manuel Bruque/EPA
Foto: Manuel Bruque/EPA
Foto: Manuel Bruque/EPA
Foto: Manuel Bruque/EPA
Fotos: Twitter/DR
Fotos: Twitter/DR

Pelo menos quatro mortos e 14 feridos é o mais recente balanço do grande incêndio que deflagrou esta quinta-feira em Valência, Espanha, que consumiu dois edifícios de habitação.

As quatro vítimas mortais foram detetadas por um "drone" dos bombeiros numa varanda e no interior de um apartamento, avança a imprensa espanhola.

Dezanove pessoas estão dadas como desaparecidas, avança o jornal El Mundo.

Já de acordo com o jornal espanhol "El País", 14 pessoas foram assistidas no local. Seis são bombeiros que participaram no combate às chamas e um é uma criança de sete anos. Apenas duas mulheres entre os 14 feridos não foram transportadas para o hospital.

O alerta foi dado por volta das 17h30 (hora local, menos uma em Portugal) e as chamas - que eram visíveis a um quilómetro de distância - espalharam-se para um edifício contíguo. O incêndio terá começado no 5º andar.

Várias pessoas estiveram nas varandas à espera de serem resgatadas.

Para o local foi destacado um forte contingente de bombeiros.

Segundo o El Pais, foi instalado um hospital de campanha junto dos dois edifícios da Avenida Campanar.

Uma pessoa saltou do primeiro andar do edifício para um tapete colocado pelas Emergências, indicam fontes dos bombeiros citadas por La Sexta. Ainda não há notícias sobre seu estado.

As chamas começaram um edifício de 14 andares, que estava revestido com poliuretano, um material altamente inflamável. O fogo propagou-se rapidamente e atingiu um prédio contíguo de 10 andares.

O complexo habitacional tem 138 apartamentos e cerca de 500 residentes.

[notícia atualizada às 23h49]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+