Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Europeias 2024

Ursula von der Leyen é a única candidata a cabeça de lista do PPE

21 fev, 2024 - 13:34 • Lusa

A nomeação de von der Leyen tem de ser confirmada em congresso do PPE, marcado para 06 e 07 de março, em Bucareste.

A+ / A-

O Partido Popular Europeu (PPE) divulgou hoje que a candidatura de Ursula von der Leyen a cabeça de lista para presidente da Comissão Europeia foi a única recebida, tendo o prazo acabado esta quarta-feira.

O presidente do PPE, Manfred Weber, recebeu apenas uma carta de nomeação - do partido democrata-cristão alemão CDU - indicando a atual chefe do executivo comunitário para a posição de cabeça de lista ('Spitzenkandidat') do partido europeu para a recondução no cargo, segundo um comunicado.

A nomeação de von der Leyen tem de ser confirmada em congresso do PPE, marcado para 06 e 07 de março, em Bucareste, e junta-se à do luxemburguês e comissário europeu para o Emprego, Nicola Schmidt, nomeado candidato pelo Partido dos Socialistas Europeus (PES, na sigla inglesa) e que terá de ser também oficialmente confirmado na reunião plenária de 01 e 02 de março, em Roma.

Para já, só os Verdes europeus têm formalmente dois 'Spitzenkandidaten', mantendo a tradição de avançar com uma mulher, Terry Reintke, e um homem, Bas Eickhout, aprovados no congresso de 02 de fevereiro.

A figura dos candidatos principais - no termo alemão 'Spitzenkandidat' - surgiu nas eleições europeias de 2014, com os maiores partidos europeus a apresentarem as suas escolhas para futuro presidente da Comissão Europeia, tendo o luxemburguês Jean-Claude Juncker recebido a maioria absoluta dos votos.

No escrutínio de 2019, na sequência do qual Von der Leyen foi votada para presidente da Comissão Europeia, tentou-se aplicar novamente este modelo, mas por desacordo entre os grupos políticos estes candidatos principais não ocuparam os altos cargos europeus.

As eleições europeias decorrem entre 06 e 09 de junho.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+