Tempo
|
A+ / A-

EUA matam comandante de milícia no Iraque

07 fev, 2024 - 23:26 • Ricardo Vieira, com Reuters

As forças armadas norte-americanas confirmaram ataque em retaliação por ações contra militares dos EUA.

A+ / A-

Os Estados Unidos mataram um comandante do grupo Kataib Hezbollah, em resultado de um ataque com um "drone", esta quarta-feira, no Iraque.

As forças armadas norte-americanas confirmaram, em comunicado citado pela agência Reuters, que realizaram um ataque no Iraque em retaliação por ações contra militares dos EUA.

O ataque provocou a morte a um comandante do grupo Kataib Hezbollah, apoiado pelo Irão, "responsável por planear e participar em ataques contra forças norte-americanas na região".

Não há informação sobre a existência de vítimas civis, sublinham as forças armadas dos EUA.

Duas fontes dos serviços de segurança adiantam que o comandante eliminado chama-se Abu Baqir al-Saadi e foi vitimado num ataque com "drones" contra uma viatura na região de Bagdad, a capital do Iraque.

Três pessoas morreram no ataque desta quarta-feira e o veículo onde seguiam era utilizado pelas Forças de Mobilização Populares do Iraque (PMF, na sigla inglesa), uma agência estatal composta por vários grupos armados, alguns com ligação ao Irão, adianta uma das fontes à agência Reuters. O grupo Kataib Hezbollah faz parte das PMF.

Em janeiro, três militares norte-americanos foram mortos em resultado de um ataque com drones contra uma base instalada na Jordânia, próximo da fronteira com a Síria.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+