A+ / A-

Guerra Israel-Hamas

Guterres denuncia "enormes obstáculos à distribuição de ajuda humanitária" em Gaza

23 dez, 2023 - 13:54 • Ricardo Vieira

Secretário-geral lamenta a morte de 136 funcionários da ONU em 75 dias de guerra entre Israel e Hamas, “algo nunca visto na história das Nações Unidas”.

A+ / A-

A forma como Israel está a conduzir a guerra na Faixa de Gaza “está a criar enormes obstáculos à distribuição de ajuda humanitária”, alerta o secretário-geral das Nações Unidas.

António Guterres, numa mensagem publicada nas redes sociais, sublinha que “uma operação de ajuda eficaz em Gaza requer segurança, pessoal que possa trabalhar em segurança, capacidade logística e a retoma da atividade comercial”.

Noutra publicação, Guterres denuncia a morte de 136 funcionários da ONU em 75 dias de guerra entre Israel e Hamas, “algo nunca visto na história das Nações Unidas”.

“A maioria dos nossos colaboradores foi forçada a abandonar as suas casas. Presto a minha homenagem a eles e aos milhares de funcionários humanitários que arriscam a vida para ajudar os civis em Gaza”, sublinha o secretário-geral das Nações Unidas.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou, na sexta-feira, uma resolução para aumentar a entrada de ajuda humanitária na Faixa de Gaza.

Apenas a Rússia e os Estados Unidos da América se abstiveram na votação, onde 13 países se declararam a favor de um texto negociado ao longo de vários dias.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+