A+ / A-

Gaza. Conselho de Segurança chumba cessar-fogo com veto isolado dos EUA

08 dez, 2023 - 20:58 • João Malheiro

O representante norte-americano no Conselho de Segurança defende o veto, considerando que a resolução "não é equilibrada" e está "divorciada da realidade".

A+ / A-

O Conselho de Segurança da ONU acabou de chumbar a resolução que pedia um cessar-fogo na Faixa de Gaza, com o único voto contra, com poder de veto permanente, a ser dado pelos Estados Unidos (EUA)

Ao todo 11 países votaram a favor, o Reino Unido absteve-se e os EUA, aliados próximos de Israel, rejeitaram a resolução.

O representante norte-americano no Conselho de Segurança defende o veto, considerando que a resolução "não é equilibrada" e está "divorciada da realidade".

Para o diplomata, o texto da resolução foi "apressado" e lamentou que não incluísse uma condenação clara do ataque do Hamas em Israel a 7 de outubro.

"Infelizmente, quase todas as nossas recomendações foram ignoradas", disse.

"É um cessar-fogo insustentável que só dá aso a uma futura guerra", avaliou, ainda.

Esta resolução surgiu na sequência do secretário-geral da ONU ter acionado o artigo 99.º da Carta das Nações Unidas, pedindo atenção do Conselho de Segurança para impedir "o colapso total do sistema de apoio humanitário" em Gaza.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+