Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Ministro dos Negócios Estrangeiros britânico inicia visita a Washington para reafirmar apoio à Ucrânia

06 dez, 2023 - 04:55 • Lusa

O antigo primeiro-ministro britânico, que estará na capital federal dos Estados Unidos até quinta-feira, terá encontros com o seu homólogo norte-americano, Antony Blinken, e com o secretário da Defesa, Lloyd Austin.

A+ / A-

O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, David Cameron, inicia, esta quarta-feira, uma visita de dois dias a Washington para reafirmar o apoio à Ucrânia, numa altura em que os Estados Unidos discutem mais ajuda militar a Kiev.

O antigo primeiro-ministro britânico, que estará na capital federal dos Estados Unidos até quinta-feira, terá encontros com o seu homólogo norte-americano, Antony Blinken, e com o secretário da Defesa, Lloyd Austin, mas também com membros Republicanos e Democratas do Congresso.

Num comunicado, divulgado a propósito desta deslocação, Cameron lembrou que o Reino Unido e os Estados Unidos da América (EUA) estão "profundamente ligados por uma missão partilhada de defesa dos valores que proporcionam segurança e prosperidade".

A visita de Cameron acontece numa altura em que a Casa Branca (Presidência norte-americana) receia que a ajuda militar à Ucrânia seja interrompida se o Congresso norte-americano não aprovar financiamento adicional nas próximas semanas, até ao final do ano.

Durante a visita de dois dias, Cameron vai anunciar 37 milhões de libras (43 milhões de euros) de financiamento humanitário para a Ucrânia, que se juntam ao reforço de 29 milhões de libras (34 milhões de euros) para o inverno e 7,75 milhões de libras (nove milhões de euros) para atividades relacionadas com mulheres, raparigas, idosos e pessoas com deficiência.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+