Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Israel reduz de 1.400 para 1.200 número de mortos no ataque do Hamas

10 nov, 2023 - 23:49 • Lusa

As autoridades israelitas "atualizaram" este número de mortos porque acreditam agora que "muitos dos corpos que não tinham sido identificados" são de pessoas que participaram no "ataque terrorista do Hamas e não de vítimas israelitas", acrescentou um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros israelita, Lior Haiat.

A+ / A-

Israel reduziu de 1.400 para 1.200 o número de mortos no ataque do Hamas, em 07 de outubro, depois de ter identificado os corpos de homens do movimento islamita, disse hoje à AFP fonte do Governo.

As autoridades israelitas "atualizaram" este número de mortos porque acreditam agora que "muitos dos corpos que não tinham sido identificados" são de pessoas que participaram no "ataque terrorista do Hamas e não de vítimas israelitas", acrescentou um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros israelita, Lior Haiat.

Mais de 1.400 pessoas, maioritariamente civis, foram mortas em Israel desde o início da guerra desencadeada por um ataque violento sem precedentes do Hamas - considerado uma organização terrorista pela União Europeia, Estados Unidos e Israel - em solo israelita em 07 de outubro, segundo as autoridades israelitas.

As represálias de Israel, que afirma querer aniquilar o Hamas, causaram mais de 11 mil mortos, sobretudo civis, na Faixa de Gaza, segundo o movimento islamista.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+