Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Guerra Israel-Hamas

Marcelo esclarece. Hamas dificulta forças moderadas da Palestina

03 nov, 2023 - 15:00 • Alexandre Abrantes Neves , João Pedro Quesado

Depois da conversa tensa com o representante da Palestina, o Presidente da República garantiu que também teria criticado Israel caso o país tivesse participado no Bazar Diplomático.

A+ / A-
"Desta vez foram vocês que começaram", diz Marcelo a diplomata palestiniano
"Desta vez foram vocês que começaram", diz Marcelo a diplomata palestiniano

Marcelo Rebelo de Sousa esclareceu o diálogo com o representante palestiniano em Portugal esta sexta-feira. À saída do Bazar Diplomático, o Presidente da República disse que os ataques do Hamas são "contraproducentes".

Depois da visita ao Bazar Diplomático, onde visitou a banca da Palestina, o chefe de Estado português explicou que “as Nações Unidas aprovaram dois Estados e que esse é o principal objetivo da comunidade palestiniana”, e acrescentou que os ataques terroristas pelo Hamas “dificultam a causa dos moderados na Palestina”.

A solução de dois Estados, disse, é importante "sobretudo para os representantes da Autoridade Palestiniana, para os quais é muito importante separar os palestinianos de movimentos terroristas". Mas o Presidente da República apontou que "desta vez foi um erro monumental começarem. Começaram e, portanto, desta vez ficaram responsáveis por aquilo que, do ponto de vista dos moderados palestinianos moderados, é contraproducente".

OuvirPausa
"Desta vez foi um erro monumental começarem", diz Marcelo

Marcelo garantiu ainda que também teria criticado Israel, caso o país tivesse participado no Bazar Diplomático.

“Se Israel cá estivesse, pedia-lhes moderação também. O ataque terrorista justifica a legítima defesa de Israel. Contudo, a legítima defesa de um Estado Democrático tem de respeitar o direito humanitário. Uma democracia, quando tem de responder a uma ditadura ou a um movimento não-democrático, tem de responder por meios democráticos”, rematou.

[atualizada às 16h28]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Timbo Caspite
    03 nov, 2023 Lisboa 15:47
    A única coisa que o Hamas quer é exterminar o povo Judeus. Uma grande questão: conseguindo isto, qual será o próximo alvo? Penso que seja hora de parar com isto!

Destaques V+