Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Irão alerta para possível descontrolo na guerra entre Israel e Hamas

26 out, 2023 - 10:09 • Lusa

O chefe da diplomacia iraniana quer que os “crimes de guerra e genocídio” na Faixa de Gaza terminem.

A+ / A-

À chegada a Nova Iorque para uma reunião extraordinária da Assembleia Geral das Nações Unidas, o chefe da diplomacia iraniana elogiou o Hamas, que o Irão apoia e financia, como um “movimento de libertação palestiniano” que tem agido contra a ocupação israelita, o que, segundo Abdollahian, é aceite pelo direito internacional.

O chefe da diplomacia iraniana alertou para um possível descontrolo na guerra entre Israel e o Hamas, ao chegar a Nova Iorque para uma reunião extraordinária da Assembleia Geral das Nações Unidas sobre o conflito.

“O apoio total e cego dos Estados Unidos e de alguns países europeus ao regime israelita atingiu um ponto preocupante e existe a possibilidade de se perder o controlo da situação”, disse Hossein Amir Abdollahian à agência iraniana IRNA.

Abdollahian disse que o Irão quer a cessação imediata dos “crimes de guerra e genocídio” na Faixa de Gaza, a entrega de ajuda humanitária e o fim da deslocação forçada da população do enclave palestiniano.

“Isso pode ser incluído em qualquer resolução” da ONU, afirmou, segundo a agência espanhola EFE.

O diplomata elogiou o Hamas, que o Irão apoia e financia, como um “movimento de libertação palestiniano” que tem agido contra a ocupação israelita, o que, segundo Abdollahian, é aceite pelo direito internacional.

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão disse ainda à IRNA que tenciona apresentar as posições da República Islâmica sobre a questão palestiniana na Assembleia Geral e manter conversações com o secretário-geral da ONU, António Guterres.

O exército israelita acusou o Irão de ter ajudado o Hamas no ataque de sete de outubro contra Israel, em que foram mortas 1.400 pessoas e raptadas duas centenas de pessoas mantidas como reféns em Gaza, segundo Telavive.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+