A+ / A-

Reino Unido

Detetadas milhares de imagens de abuso de menores criadas por Inteligência Artificial

25 out, 2023 - 14:08 • Cristina Nascimento

Organização não governamental alerta para riscos da tendência, que pode acabar por desviar a atenção das autoridades de abusos reais.

A+ / A-

A Internet Watch Foundation (IWF) identificou quase três mil imagens de abuso sexual de menores que foram criadas através de inteligência artificial.

A notícia é avançada pela imprensa britânica esta quarta-feira. De acordo com a imprensa, os colaboradores desta organização não governamental identificaram as imagens, criadas de forma ilegal.

A IWF explica que estas imagens são criadas de diversas formas, por exemplo, utilizam imagens de abusos reais e fazem outras versões ou recorrem a imagens de crianças, vestidas, disponíveis na net e conseguem, através da tecnologia, despir as crianças e reproduzir atos de abusos. Outro método é recorrer a fotografias de pessoas famosas, editá-las de forma a aparentarem que são menores de idade e reproduzir cenários de abuso.

Ouvida pelo jornal britânico “The Guardian”, a responsável da IWF, Susie Hargreaves, lembra que já alertaram para esta tendência há uns meses e vem agora dizer que “os piores pesadelos estão a tornar-se realidade”.

“Avisámos, no início deste ano, que as imagens geradas por inteligência artificial seriam indistinguíveis de imagens reais de abuso sexual de menores e que íamos começar a ver a proliferação destas imagens. Já chegámos a esse ponto”, afirmou.

As imagens são comercializadas e distribuídas online, acrescenta a IWF.

A IWF fez uma investigação durante um mês, tendo analisado mais 11 mil imagens que circulavam num fórum na “dark-web”, tendo concluído que 2.978 foram criadas através de inteligência artificial.

Esta organização governamental receia que a internet venha a ficar inundada com este tipo de imagens e que acabe por desviar as atenções das autoridades para detetar abusos reais e ajudar as vítimas.

“Se não controlarmos esta tendência, este material ameaça dominar a internet”, remata.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+