A+ / A-

Guerra Israel-Hamas

Londres aumenta ajuda financeira a palestinianos e confirma seis britânicos mortos

16 out, 2023 - 18:04 • Lusa

Rishi Sunak diz que os palestinianos "também são vítimas do Hamas", e equiparou o ataque do grupo a um 'pogrom'.

A+ / A-

O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, anunciou esta segunda-feira que o Reino Unido vai aumentar em um terço a ajuda humanitária aos palestinianos, concedendo mais 10 milhões de libras (11,5 milhões de euros), e confirmou a morte de seis britânicos.

"Temos de apoiar o povo palestiniano porque eles também são vítimas do Hamas", disse o chefe do governo conservador britânico ao discursar na Câmara dos Comuns para dar pormenores sobre a situação na região, após a incursão em território israelita das milícias do Hamas, movimento que governa a Faixa de Gaza desde 2007.

Sunak confirmou também que, nos ataques a Israel perpetrados pelo Hamas morreram seis cidadãos britânicos, estando desaparecidos outros 10, podendo os números serem superiores ao que está, até agora, confirmado.

"Os atentados em Israel [...] chocaram o mundo. Mais de 1.400 pessoas mortas, uma a uma, mais de 3.500 feridos, quase 200 feitos reféns", afirmou o líder conservador.

"Devemos chamar-lhe o seu nome: foi um 'pogrom'", sublinhou, em referência à violenta perseguição dos judeus na Rússia Imperial e noutros países.

"Apelamos à libertação imediata de todos os reféns e a eles digo: estamos convosco. Estamos com Israel", disse Sunak, que reiterou o seu apoio "inequívoco" ao governo israelita.

"A natureza terrível destes ataques significa que está a ser difícil identificar muitos dos mortos, mas é com grande pesar que informo a Assembleia de que pelo menos seis cidadãos britânicos foram mortos", disse Sunak, alertando para a possibilidade de haver mais mortos entre os dez desaparecidos.

Em 7 de outubro, o Hamas atacou Israel com o lançamento de milhares de foguetes e uma incursão de milicianos armados.

Em resposta, Israel bombardeou infraestruturas do Hamas e impôs um cerco à Faixa de Gaza com corte de abastecimento.

Os ataques já provocaram milhares de mortos e feridos nos dois territórios.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+