Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Ninguém é capaz de "apagar" a resiliência do povo ucraniano, afirma Zelensky

01 out, 2023 - 12:53 • Lusa

"Os tempos difíceis tornam-nos fortes", afirmou Volodymyr Zelensk.

A+ / A-

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou este domingo, a propósito da celebração do Dia dos Defensores, que ninguém é capaz de "apagar" a resiliência do povo ucraniano.

"Os tempos difíceis tornam-nos fortes. E os fortes ficam mais perto dos tempos de vitória. Passo a passo. Hoje, amanhã, todos os dias, todos os minutos. Nem de forma planeada, nem por acaso, ninguém pode ou é capaz de apagar a nossa resiliência, resistência, força e coragem", disse Zelensky.

O chefe de Estado ucraniano falava numa mensagem de vídeo gravada a partir da Porta Dourada de Kiev.

"Não há prazo de validade, meta ou ponto final após o qual deixaremos de resistir e lutar, exceto uma coisa: a nossa vitória. A cada dia, aproximando-nos mais [da vitória], dizemos: Lutaremos o que for preciso", exclamou.

"Estávamos a fazê-lo nos primeiros minutos do dia 24 de fevereiro, estamos a fazê-lo durante estes 585 dias e vamos continuar a fazê-lo", acrescentou.

Zelensky agradeceu ainda a todos aqueles que permaneceram, permanecem e continuarão a lutar, bem como aos que foram os primeiros a enfrentar a invasão russa que se iniciou em 24 de fevereiro de 2022.

Este domingo, o Alto Representante da União Europeia (UE) para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança, Josep Borrell, chegou a Kiev para homenagear os ucranianos que morreram durante o conflito.

"Preenche-me de humildade visitar Kiev para participar com o presidente Zelensky e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dmytro Kuleba, na cerimónia de homenagem aos defensores que morreram na guerra", escreveu o chefe da diplomacia da UE na rede social X (antigo Twitter).

Borrell aproveitou a oportunidade para dar o seu apoio àqueles que defendem a Ucrânia da "agressão russa injustificada".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+