A+ / A-

Espanha

Investidura de Feijóo a 26 e 27 de setembro

23 ago, 2023 - 12:02 • Lusa com redação

O líder do PP precisa de uma maioria absoluta, 176 votos, para ser eleito. Caso não obtenha os votos necessários nesta primeira tentativa, realiza-se uma segunda votação 48 horas depois.

A+ / A-

O debate de investidura do líder do Partido Popular (PP, direita), Alberto Núñez Feijóo, realiza-se a 26 e 27 de setembro. As datas foram anunciadas, esta quarta-feira, pela presidente do Congresso dos Deputados (parlamento espanhol), Francina Armengol.

A sessão plenária irá começar com a apresentação por parte de Feijóo do programa político de governo com o qual pretende obter a confiança do parlamento e ser eleito primeiro-ministro de Espanha.

Numa primeira votação, o líder do PP precisa de uma maioria absoluta, 176 votos, para ser eleito. Caso não obtenha os votos necessários nesta primeira tentativa, realiza-se uma segunda votação 48 horas depois, na qual o candidato precisa de alcançar uma maioria simples para ser nomeado chefe do Governo.

O monarca e chefe de Estado espanhol tomou a decisão depois de uma ronda de audiências, na segunda-feira e na terça-feira, com os partidos que conseguiram representação parlamentar.

O PP foi a força política mais votada nas eleições de julho, mas sem maioria absoluta no parlamento.

Após o anúncio da sua indicação, o líder do PP agradeceu ao Rei Felipe VI e prometeu um governo de “estabilidade e moderação” se conseguir ser eleito pelo parlamento.

“Daremos voz aos mais de 11 milhões de cidadãos que querem mudança, estabilidade e moderação com um governo que defenda a igualdade de todos os espanhóis”, escreveu Feijóo na rede social X (antigo Twitter), numa referência aos votos conseguidos nas eleições legislativas de 23 de julho pelo PP e às outras forças que já manifestaram apoio à sua investidura como primeiro-ministro pelo parlamento.

Neste momento, Feijóo conta com o apoio dos 137 deputados do PP, dos 33 do VOX (extrema-direita) e dos dois da União do Povo Navarro (UPN) e da Coligação Canária (CC), num total de 172 votos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+