Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Grupo BRICS deve incluir mais cinco países em 2024

24 ago, 2023 - 02:41 • Lusa

Atualmente, os países BRICS representam mais de 42% da população mundial, além de 23% do Produto Interno Bruto (PIB) e 18% do comércio global.

A+ / A-

O grupo de economias emergentes BRICS (Brasíl, Rússia, Índia, China e África do Sul) devem convidar quinta-feira pelo menos cinco novos países para integrar o bloco no próximo ano na Rússia, avançou hoje em Joanesburgo fonte do Governo brasileiro.

A fonte governamental, que participa nas negociações na capital económica sul-africana, avançou que os líderes do bloco acordaram na cimeira que decorre até quinta-feira convidar Irão, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Egito e Argentina, este último por insistência do Brasil.

O convite do bloco, cujo crescimento económico é impulsionado principalmente pela China e Índia, deverá ser feito na quinta-feira, acreditando-se que faça também parte da declaração final de encerramento da 15.ª Cimeira dos BRICS, na capital sul-africana.

De acordo com a mesma fonte, o processo de adesão dos novos membros decorrerá durante o próximo ano.

O Presidente russo, Vladimir Putin, anunciou por videoconferência que a próxima cimeira de chefes de Estado e de Governo dos BRICS será realizada em outubro de 2024, na cidade de Kazan, Rússia.

A chefe da diplomacia da África do Sul, Naledi Pandor, anunciou igualmente que o grupo de economias emergentes acordou a expansão do bloco e o formato para a adesão de novos membros, sem avançar detalhes.

Putin cancelou a sua deslocação à África do Sul por receio de ser detido na sequência do mandado de detenção emitido pelo Tribunal Penal Internacional por alegados crimes de guerra na Ucrânia.

Atualmente, os países BRICS representam mais de 42% da população mundial e 30% do território do planeta, além de 23% do Produto Interno Bruto (PIB) e 18% do comércio global, sendo os maiores parceiros comerciais de África, segundo o Governo sul-africano.

O volume de transações comerciais nos países BRICS ascendeu a 162 mil milhões de dólares (7,8 milhões de dólares) no ano passado, e o investimento estrangeiro nos países BRICS quadruplicou, anunciou o Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+