Tempo
|
A+ / A-

Eleições europeias 2024

Parlamento Europeu vai mudar após eleições: 11 novos assentos, Portugal mantém 21

26 jul, 2023 - 15:06 • Lusa

Alterações à composição do Parlamento Europeu foram aprovadas esta quarta-feira pelos embaixadores da UE. Proposta segue para o Conselho Europeu.

A+ / A-

Os embaixadores dos países da União Europeia (UE) chegaram hoje a um acordo sobre a composição do Parlamento Europeu (PE) depois das eleições do próximo ano, que ainda vai ter de ser validado pelo Conselho Europeu.

A presidência espanhola do Conselho da UE anunciou o acordo entre os 27 para a composição do PE depois das eleições europeias, entre 06 e 09 junho de 2024.

Em junho o Parlamento Europeu aprovou a reconfiguração parlamentar que vai contar 11 novos lugares na próxima legislatura, entre 2024 e 2029, e Portugal deverá manter os 21 eurodeputados.

No último plenário em Estrasburgo (França), o PE deu 'luz verde' à proposta da comissão de Assuntos Constitucionais de aumentar o número de lugares no hemiciclo para 716.

A alteração advém das alterações demográficas na UE desde as últimas eleições europeias, em 2019. Espanha e Holanda ganham dois eurodeputados cada, enquanto Áustria, Dinamarca, Finlândia, Eslováquia, Irlanda, Eslovénia e Letónia ficam com mais um.

Após o aval hoje dado, cabe agora ao Conselho Europeu adotar uma decisão por unanimidade, o que exigirá depois a aprovação final do PE.

A proposta em cima da mesa surgiu depois da saída do Reino Unido da UE em 2020 e pauta pela redistribuição feita na altura, quando o número de eurodeputados passou de 751 para 705.

A distribuição dos lugares no Parlamento Europeu é feita com base no princípio da proporcionalidade degressiva, que tem em conta a dimensão demográfica dos Estados-membros.

Ao todo, o número de eurodeputados não pode ser superior a 750, incluindo o cargo de presidente, sendo que a representação dos cidadãos é regressivamente proporcional à dimensão populacional, com um limiar mínimo de seis eurodeputados por Estado-membro e máximo de 96 lugares, de acordo com o estabelecido pelo Tratado da UE.

O Parlamento Europeu é composto por representantes dos cidadãos da UE, sendo a única instituição europeia eleita por sufrágio direto.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+