Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Guerra na Ucrânia. Acordo de cereais com renovação em risco

17 jul, 2023 - 04:57 • Lusa

A Rússia tem demonstrado argumentos no sentido de não pretender alargar a chamada Iniciativa dos Cereais do Mar Negro.

A+ / A-

O pacto para a exportação de sementes e cereais russos e ucranianos expira esta segunda-feira, mas mantém-se a incerteza quanto a ser renovado, depois da Rússia, através do chefe da diplomacia, Sergei Lavrov, ter afirmado que o acordo “está morto”.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, garantiu, na sexta-feira, que o homólogo russo, Vladimir Putin, concorda com o prolongamento do acordo de cereais do mar Negro, permitindo à Ucrânia exportar a produção, mas não adiantou pormenores.

O acordo, assinado no verão de 2022 em Istambul pela Ucrânia e pela Rússia sob a mediação da ONU e da Turquia, termina este segunda-feira e, a par dos cereais ucranianos, o documento também abrange a exportação de fertilizantes e de produtos alimentares russos.

Embora não tenha sido contundente a esse respeito, a Rússia tem repetidamente sinalizado que não pretende alargar a chamada Iniciativa dos Cereais do Mar Negro, alegando que, por um lado, se tornou um pacto comercial e não humanitário e, por outro lado, o memorando russo continua por cumprir.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+