Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Rússia acusa. Ataques com drones não seriam possíveis sem ajuda da NATO e EUA

04 jul, 2023 - 20:45 • Ricardo Vieira, com agências

Na Ucrânia, 43 pessoas ficaram feridas, incluindo 12 crianças, num ataque russo contra a cidade de Pervomaisky, na região de Kharkiv.

A+ / A-

Os ataques com drones nos arredores de Moscovo não seriam possíveis sem o apoio dos Estados Unidos e da NATO, acusou esta terça-feira o Ministério dos Negócios Estrangeiros russo.

“Estes ataques não seriam possíveis sem a ajuda dos aliados EUA e NATO ao regime de Kiev”, refere a diplomacia de Moscovo.

O Ocidente está a “treinar operadores de drones e a providenciar a informação necessária para que estes crimes sejam cometidos”, refere o Governo russo.

As forças de Moscovo alegam ter destruído cinco drones, esta terça-feira, quando se preparavam para realizar ataques nos arredores de Moscovo.

Um dos alvos seria o Aeroporto Internacional de Vnukovo.

Na Ucrânia, 43 pessoas ficaram feridas, incluindo 12 crianças, num ataque russo contra a cidade de Pervomaisky, na região de Kharkiv.

A Ucrânia pediu, esta terça-feira, mais sistemas de defesa aérea, após novo ataque russo com 'drones' no nordeste do país, enquanto se intensificam as batalhas no terreno, sobretudo em Bakhmut (leste), um mês depois do início da contraofensiva ucraniana.

"Infelizmente, o nosso Estado ainda não possui sistemas de defesa aérea de qualidade suficiente para proteger todo o nosso território e abater todos os alvos inimigos", disse o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, referindo-se a um ataque com 'drones' na região nordeste de Sumi, que provocou três mortes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    05 jul, 2023 Lisboa 16:34
    Quando drones e misseis de alta precisão da Ucrânia, começarem a cair no quintal do Putin em número suficiente, a russalhada vai perceber que a Guerra chegou a território russo, e que a partir daí os estragos e as perdas vão ser para ambos os lados. É mais um passo na direção de negociações sérias - não a fantochada a que Moscovo chama "negociações".

Destaques V+