Tempo
|
A+ / A-

EUA. Segurança escolar ilibado de falha em confrontar atirador

29 jun, 2023 - 22:43 • Redação

O segurança era o único oficial que possuia uma arma, quando decorreu o tiroteio que também provocou 17 feridos.

A+ / A-

Um segurança escolar foi ilibado esta quinta-feira, na Flórida, de acusações de falha em confrontar um atirador que matou 17 pessoas numa escola, em 2018.

Scot Peterson foi acusado de sete crimes de negligência de uma criança e três crimes e de negligência culpável e ainda um crime de falso testemunho em tribunal.

O segurança era o único que possuia uma arma, quando decorreu o tiroteio que também provocou 17 feridos.

No momento em que foi ilibado de todas as acusações, Peterson reagiu com grande emoção, tapando a cara e chorando.

A acusação diz que tentou "chamar a responsabilidade a um oficial armado que não fez o seu trabalho".

"Não é político esperar que alguém faça o seu trabalho", disse Harold Pryor, responsável pela acusação.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+