Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

EUA

Will Hurd anuncia candidatura a primárias Republicanas contra Trump

22 jun, 2023 - 18:34 • Lusa

Hurd foi agente clandestino da Agência Central de Informações norte-americana (CIA) e serviu como congressista na Câmara dos Representantes entre 2015 e 2021, pelo distrito 23 do Estado do Texas, que abrange a maior extensão da fronteira entre os Estados Unidos e o México.

A+ / A-

O ex-congressista do Texas Will Hurd anunciou esta quinta-feira a candidatura às primárias do Partido Republicano para as eleições presidenciais de 2024 nos Estados Unidos, alertando para a ameaça que constitui para o país a escolha de Trump como candidato.

"Se nomearmos um político fora-da-lei, egoísta e fracassado como [o ex-Presidente] Donald Trump, que perdeu a Câmara [dos Representantes], o Senado e a Casa Branca, todos sabemos que [o atual Presidente, o democrata] Joe Biden voltará a ganhar. Os Republicanos merecem melhor. Os Estados Unidos merecem melhor. É uma questão de bom senso", sustentou o Republicano no vídeo de apresentação da candidatura hoje divulgado.

Hurd junta-se, assim, à lista de candidatos que tentarão ser os escolhidos para representar o Partido Republicano nas eleições presidenciais de 2024, uma lista em que se encontram, além de Trump, o governador da Florida, Ron de Santis, o ex-vice-presidente Mike Pence, o senador da Carolina do Sul Tim Scott e a ex-embaixadora nas Nações Unidas Nikki Haley.

Também na lista, estão o ex-governador do Arkansas Asa Hutchinson, o ex-governador de Nova Jérsia Chris Christie, o empresário tecnológico Vivek Ramaswamy, o presidente da câmara de Miami, Francis Suárez, o apresentador de rádio conservador Larry Elder e o governador do Dakota do Norte, Doug Burgum.

Hurd foi agente clandestino da Agência Central de Informações norte-americana (CIA) e serviu como congressista na Câmara dos Representantes entre 2015 e 2021, pelo distrito 23 do Estado do Texas, que abrange a maior extensão da fronteira entre os Estados Unidos e o México.

Enquanto ocupou esse lugar, foram notórias as suas críticas a Trump relacionadas com a política migratória por ele adotada. Hurd foi um dos quatro Republicanos da Câmara dos Representantes que em 2019 votaram a favor de uma resolução que condenava as mensagens racistas de Trump dirigidas, na rede social Twitter, a quatro congressistas Democratas.

"A alma do nosso país está sob ataque. Os nossos inimigos conspiram, criam o caos e ameaçam o sonho americano em território nacional, a imigração ilegal e a [droga sintética] fentanil fluem para o nosso país. A inflação, ainda fora de controlo, o crime e a falta de habitação aumentam nas nossas cidades, e os liberais não fazem nada", afirmou.

Os Estados Unidos "necessitam de bom senso nestes tempos difíceis", acrescentou.

A lista de candidatos Republicanos às primárias do partido é bastante maior que a dos Democratas, na qual o atual Presidente, Joe Biden, surge como favorito, dela constando igualmente a autora de livros de autoajuda Marianne Williamson e o advogado ambientalista Robert F. Kennedy Jr., sobrinho do Presidente norte-americano John F. Kennedy (1961-1963).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+